CDR-PA – Área de atuação

Inicialmente, para uma primeira etapa, o território escolhido para a operacionalização da carteira de projetos do CDR/Pará será a região METROPOLITANA de Belém (RMB), composta por nove municípios (Ananindeua, Belém, Benevides, Castanhal, Marituba, Santa Bárbara do Pará, Santa Izabel do Pará, Santo Antônio do Tauá e Barcarena), com terreno parcialmente peninsular às margens do rio Guamá e da baía do Guajará.

As principais atividades econômicas da RMB estão concentradas no setor terciário, em especial na prestação de serviços, além das atividades industriais e agropecuárias. Neste cenário, Belém, capital paraense, destaca-se como o município com maior proporção do PIB da mesorregião, cerca de 72,7% do total de R$ 24.739.338 mil, conforme o último censo do IBGE (2010). A inserção do município de Castanhal nesse conjunto apenas ocorreu no ano de 2011, graças à Lei Complementar Estadual n. 076/2011, que redefiniu a composição da RMB. Vale salientar, ademais, a crescente expressão dos municípios de Ananindeua, Benevides e Castanhal como áreas industriais que abrigam empresas de grande, médio e pequeno porte, todas elas com atividades em bionegócios e potenciais partícipes do CDR/Pará – RMB.

A escolha da Região Metropolitana de Belém se justifica não somente pela sólida presença da maior parte das ICT’s (IES e Institutos de Pesquisa) já consolidadas no estado, como também pela concentração de empreendimentos privados de alguma envergadura. Outrossim, a presença da sede do Governo Estadual (parceiro estratégico nas ações previstas) na capital, Belém, contribui com perspectivas positivas para o êxito inicial da implantação do projeto piloto do Centro de Desenvolvimento Regional do Pará, iniciativa pioneira na região norte do país.

  • Ananindeua
  • Barcarena
  • Belém
  • Benevides
  • Castanhal
  • Marituba
  • Santo Antônio do Tauá
  • Santa Bárbara do Pará
  • Santa Izabel do Pará